Iridologia/Microsemiotica Oftálmica

A Microsemiotica Oftálmica é um método de análise que congrega várias técnicas, a metafísica da saúde, em que procura identificar as tendências e padrões organizacionais do indivíduo, através de sinais observados na íris, levando à orientação e ao auto-conhecimento, antes do surgimento de alguma alteração.

Muitos dos desequilíbrios que afectam o nosso corpo são detectados pela análise iridológica, porque a análise da Íris permite-nos conhecer as polaridades cerebrais, o ponto de stress, a introversão ou extroversão de uma pessoa, tendências e características profissionais, padrões de relaccionamento entre casais, a idade em que ocorreu um trauma e como esse trauma pode estar causando ansiedade, sentimentos de inferioridade e depressão (cronirischio – técnica italiana).


Intoxicação
Medicamentos

Organismo
Intoxicado

Toxinas vasos
sangüíneos

Constituição
Forte

Constituição
Frágil

Anel
de Pele

Anéis
de Tensão

Estômago
Hipo-ácido

Anel de
Sódio

Congestão
Venosa

Bolsões
Intestinais

Artista
Sensível

Através da análise iridológica podemos recuperar com mais eficiência o equilíbrio do indivíduo, porque a íris, ao revelar a origem das deficiências, permite elaborar um programa específico com as modalidades terapêuticas mais adequadas (aconselhamento psicológico, homeopatia, nutrição, ortomolecular, trabalho corporal, etc.)

Com o estudo da iridologia, pode-se determinar a forma como o indivíduo elabora os seus processos de aprendizagem, expressão, modificação e gestão de relaccionamentos, inclusivé desde a primeira infância. A iridologia é de implementação simples, económica e não invasiva. Portanto, através deste método de análise podemos recuperar com mais eficiência o equilíbrio da saúde, porque a íris revela a origem e orgãos relaccionados com as deficiências.


Para fotografar a íris

  

Iridoscópio e adaptador de telemóvel "Smart Íris"


Iridoscópio e adaptador para câmaras digitais





 [Anatomia Ocular]